-10% NO SEU PRIMEIRO PEDIDO COM O CÓDIGO BEM-VINDO - ENTREGA EM 48/72H NA UE e REINO UNIDO, GRÁTIS A PARTIR DE 69€.

Os princípios básicos de uma dieta equilibrada

Escrito por: Romain Lyomat

|

Ouça este artigo:

Os princípios básicos de uma dieta equilibrada

Macronutrientes essenciais: os princípios básicos de uma dieta equilibrada

Uma alimentação equilibrada, pedra angular de uma vida saudável e energética, baseia-se principalmente em três macronutrientes essenciais: carboidratos, proteínas > e lipídios.

Os carboidratos são nossa principal fonte de energia. Pode ser encontrado em grandes quantidades no pão, no arroz e até nos vegetais. Mesmo assim, é crucial favorecer aqueles com baixo índice glicêmico para evitar aumentos repentinos de açúcar no sangue.

Les bases d'une alimentation équilibrée

O segundo pilar desta tríade nutricional é a proteína. Desempenham um papel determinante na reparação celular e no crescimento muscular. Pode ser encontrado em particular em:

  • Carne
  • Peixe
  • Ovos
  • Leguminosas
  • Lacticínios.

Não devemos subestimar a importância dos lípidos que desempenham diversas funções vitais como o transporte de vitaminas lipossolúveis (A, D, E, K) ou mesmo a constituição das nossas membranas celulares.

É, portanto, vital que todos nós prestemos especial atenção a estes três macronutrientes essenciais que constituem a base de uma dieta equilibrada. Devem ser consumidos em proporções adequadas de acordo com a nossa idade, sexo e atividades físicas diárias.

Compreendendo os micronutrientes: os fundamentos de uma dieta saudável

Tendo examinado os macronutrientes, vamos agora nos concentrar nos micronutrientes. Estão presentes em pequenas quantidades na nossa dieta, mas desempenham um papel vital no nosso bem-estar.

Esses elementos incluem vitaminas e minerais. Eles participam de múltiplas funções vitais, como produção de energia, reparo celular ou defesa imunológica. Por exemplo, o ferro é crucial para a criação de glóbulos vermelhos, enquanto o cálcio promove a saúde dos nossos ossos e dentes.

É fundamental esclarecer que nosso corpo não consegue gerar esses micronutrientes sozinho. Devemos garantir a sua ingestão através de uma alimentação variada e equilibrada. As frutas e os vegetais são particularmente ricos em vitaminas, enquanto os laticínios ou certos peixes nos fornecem os minerais necessários.

Um conhecimento profundo dos micronutrientes permite um melhor controle da alimentação para manter a saúde no dia a dia.

A importância da hidratação: os fundamentos de uma dieta saudável

Importance de l'hydratation

Uma dieta equilibrada não pode ser completa sem uma hidratação adequada. Além disso, o elemento líquido, muitas vezes subestimado, representa quase 60% do nosso corpo e desempenha um papel essencial no funcionamento ideal dos nossos órgãos.

Transporta nutrientes para as nossas células, facilita a eliminação de resíduos e regula a temperatura corporal. Obter água suficiente também pode promover saciedade e ajudar a moderar a ingestão de calorias.

Recomendamos beber pelo menos 1,5 litros de água todos os dias para manter um nível de hidratação ideal. Além disso, esta quantidade pode variar dependendo do clima ou da intensidade do exercício físico realizado.

Uma boa ingestão de água é tão essencial quanto a escolha dos alimentos numa alimentação saudável e diversificada.

A escolha certa dos alimentos: os princípios básicos de uma alimentação equilibrada

À medida que navegamos no caminho para uma dieta equilibrada, encontramos uma intersecção crucial. Estamos falando de seleção de alimentos. Na verdade, esta decisão não deve ser tomada levianamente porque constitui os fundamentos do nosso bem-estar.

Para guiá-lo nesta jornada, aqui estão cinco categorias de alimentos a serem priorizados:

  • Frutas e vegetais frescos pelo seu aporte de vitaminas e minerais.
  • Grãos integrais que promovem uma digestão ideal.
  • Proteínas magras, como peixes ou aves.
  • Produtos lácteos minimamente processados ​​para a ingestão de cálcio.
  • Por fim, óleos vegetais ricos em ômega-3 e ômega-6.

Lembre-se que a diversidade é o segredo para uma alimentação equilibrada. Alterne suas fontes de nutrientes tanto quanto possível para obter o máximo de benefícios de cada alimento.

CBD em uma dieta balanceada

Integre o CBD na sua dieta

Depois de discutir a importância da hidratação e de escolhas alimentares sábias, é necessário destacar um elemento muitas vezes esquecido. Isto é canabidiol ou CBD. Reconhecido pelas suas virtudes terapêuticas, este componente natural da cannabis pode ser facilmente integrado na nossa dieta diária. Assim, apresentam-se em diversas formas, como óleos, cápsulas ou ingredientes alimentares. Ao consumi-lo com moderação e atenção, podemos nos beneficiar de seus benefícios potenciais.

Os efeitos do CBD na digestão

Les effets du CBD sur la digestion

Devemos mencionar os possíveis impactos positivos do CBD na digestão. O sistema digestivo é complexo e influencia diretamente o nosso bem-estar geral. Além disso, pesquisas preliminares sugerem que o CBD pode ajudar a manter um sistema digestivo saudável. Da mesma forma, interage com o sistema endocanabinóide do corpo, que é responsável por várias funções biológicas, incluindo as relacionadas com a digestão.

CBD como suplemento ou substituto: os fundamentos de uma dieta saudável

Devemos considerar o CBD como um complemento ou mesmo um substituto numa dieta equilibrada? Até certo ponto sim. O CBD não pode substituir uma dieta rica e variada, mas pode funcionar como um aditivo útil para apoiar certas funções corporais essenciais, como a gestão do stress ou mesmo promover uma boa noite de sono. No entanto, é imprescindível consultar um profissional antes de integrar o CBD na sua dieta, para ter em conta possíveis interações com outras substâncias ou medicamentos.

Para aprofundar o seu conhecimento sobre o CBD e descobrir outras informações relevantes, não hesite em visitar a nossa Loja CBD .

STAY UP TO DATE

Submit your email to get updates on products and special promotions.