VENDAS DE 26 DE JUNHO A 23 DE JULHO, BENEFICIE DE -15% NA SUA CESTA! ENTREGA GRATUITA EM 48/72 horas NA UE & REINO UNIDO A PARTIR DE 69€.

Manger sainement au restaurant

Alimentação saudável em restaurantes.

Escrito por: Romain Lyomat

|

Alimentação saudável em restaurantes.

Ouça este artigo:

Na busca por uma alimentação balanceada, sair para comer pode ser um verdadeiro desafio. Este artigo irá orientá-lo na escolha acertada do seu local de alimentação, nas refeições a evitar e nas que privilegiam uma cozinha ligeira para preservar a sua saúde. Também discutiremos o gerenciamento controlado das porções, bem como algumas dicas para resistir às inevitáveis ​​tentações culinárias. Por fim, discutiremos como administrar o pós-restaurante para manter uma alimentação saudável apesar dessas pequenas escapadas de sabor.

A escolha do restaurante

A busca por restaurantes saudáveis

A arte de comer bem em um restaurante começa na escolha do local. Acima de tudo, é fundamental optar por estabelecimentos que promovam uma cozinha saudável e equilibrada. A tendência atual é que os restaurantes ofereçam pratos à base de alimentos frescos, locais e orgânicos, denominados 'farm-to-table'. Estes locais muitas vezes enfatizam a origem dos seus ingredientes, um sinal inegável de qualidade.

  • Os estabelecimentos vegetarianos ou veganos costumam oferecer uma grande variedade de opções nutritivas.
  • A culinária asiática, como a japonesa ou a vietnamita, é conhecida pelo uso limitado de gordura.
  • Cuidado com as redes de fast food: segundo a Harvard Health Publishing (2018), esses locais tendem a servir pratos ricos em calorias, gordura e açúcar.
  • Escolha locais onde você possa personalizar seu prato: a seleção dos ingredientes permite um ótimo controle nutricional.
  • Não hesite em pedir conselhos à equipe sobre as opções mais saudáveis ​​do menu.

Decifrando o cardápio: ir a um restaurante mantendo uma alimentação saudável

Uma vez sentado no restaurante escolhido, o próximo passo é decodificar o cardápio. Expressões culinárias como 'grelhado', 'assado' ou 'cozido no vapor' geralmente indicam uma preparação menos gordurosa. Porém, tome cuidado com termos como ‘empanado’, ‘refogado’ ou mesmo ‘em molho’, que muitas vezes são sinônimos de preparações ‘ricas em gordura’. Não hesite em pedir ao pessoal detalhes sobre os ingredientes e a preparação dos pratos. Lembre-se que mesmo em um restaurante saudável, uma alimentação balanceada continua sendo sua responsabilidade. Faça uma escolha deliberada do que nutre o seu corpo sem comprometer o seu prazer gustativo.

Refeições a evitar

Feita a escolha do restaurante, outra fase crucial é a da seleção dos pratos. Para melhorar a experiência culinária e ao mesmo tempo manter a saúde, existem certos alimentos que seria aconselhável evitar.

No topo do ranking, os alimentos fritos ou empanados devem ser evitados tanto quanto possível. Eles geralmente contêm uma quantidade significativa de lipídios que podem ser prejudiciais à saúde a longo prazo. O mesmo se aplica aos molhos cheios de natas ou manteiga que muitas vezes acompanham estas iguarias.

Você também deve ter cuidado com as porções grandes frequentemente oferecidas em restaurantes. Recomendamos, portanto, que você prefira meias porções quando possível e evite a armadilha dos buffets ilimitados.

Certifique-se de limitar o consumo de álcool e opte por um copo de água ou uma bebida sem açúcar para reduzir a ingestão de calorias durante a refeição.

Ao fazer isso, você poderá preservar uma alimentação balanceada enquanto desfruta de suas aventuras gastronômicas!

A preferência pela cozinha leve: alimentação saudável em restaurantes.

Comer saudável em restaurantes não envolve privação, mas sim fazer escolhas informadas. Optar por uma cozinha leve é ​​fundamental.

Técnicas de cozimento com baixo teor de gordura podem ajudar a manter uma dieta equilibrada enquanto desfruta de uma refeição deliciosa. Na verdade, cozinhar no vapor, grelhar ou escaldar preserva os nutrientes essenciais sem adicionar óleo ou manteiga desnecessários. Em suma, estes métodos realçam sabores naturais.

É melhor evitar alimentos fritos ou salteados em quantidades excessivas de óleo. Essas práticas podem fazer com que até mesmo o prato considerado mais saudável seja rico em calorias.

Devemos também ter cuidado com o uso excessivo de molhos e temperos, muitas vezes ricos em gordura e açúcar.

Opte sempre por pratos preparados de forma simples, onde a qualidade dos ingredientes prevalece sobre a adição desnecessária de elementos gordurosos ou doces.

Comer fora pode ser sinônimo de sabor e prazer para a saúde, sem comprometer o bem-estar ou os objetivos nutricionais.

Gerenciamento de porções 

Domine seus limites

Comer fora não significa necessariamente deixar a disciplina alimentar no vestiário. É fundamental conhecer e respeitar o próprio limite quanto à quantidade de alimentos ingeridos . Embora os pratos servidos nos restaurantes sejam muitas vezes fartos, lembre-se de que não é necessário esvaziar o prato se ele estiver muito cheio. Aproveite o tempo para saborear cada mordida e ouvir o seu corpo : pare quando estiver satisfeito.

Saiba como compor seu prato

A composição de um prato equilibrado continua a ser um aspecto essencial para manter uma alimentação saudável, mesmo quando se come fora. O ideal é incluir um quarto de proteínas (carne ou peixe), um quarto de hidratos de carbono complexos (grãos integrais por exemplo) e preencher a restante metade com vegetais variados e coloridos.

Não hesite em pedir ao garçom que modifique determinados ingredientes do prato para que ele atenda melhor às suas necessidades nutricionais.

Dicas para resistir às tentações: alimentação saudável em restaurantes.

Resistir às tentações ao jantar fora às vezes pode parecer um verdadeiro desafio. De acordo com uma pesquisa do Medical News Today de 2019, comer frequentemente em restaurantes está associado a um aumento significativo de peso e ao aumento do risco de distúrbios metabólicos. Deverá, portanto, adquirir algumas estratégias para manter uma alimentação equilibrada enquanto desfruta da aventura culinária que estes estabelecimentos oferecem.

  • Opte por alimentos integrais: Escolha refeições que contenham alimentos como frutas, vegetais, grãos integrais e proteínas magras.
  • Fique longe de bebidas açucaradas: a água continua sendo sua melhor amiga. Refrigerantes e coquetéis costumam estar cheios de calorias desnecessárias.
  • Tenha cuidado com os molhos: eles podem adicionar muitas calorias e gordura ao seu prato. Se possível, solicite-os separadamente.
  • Desvio entre os cursos: Uma conversa agradável ou uma caminhada rápida podem ajudá-lo a evitar escolhas compulsivas entre cada curso.

Estas recomendações simples podem influenciar significativamente as suas escolhas nutricionais nos restaurantes, sem sacrificar a alegria do momento gourmet ou o seu bem-estar a longo prazo.

Gestão pós-restaurante: alimentação saudável em restaurantes.

Mantenha um ritmo regular

A chave para uma dieta saudável, mesmo depois de comer fora, é o equilíbrio. Não há necessidade de pular a próxima refeição para compensar os excessos. Pelo contrário, aconselhamos que regresse aos seus hábitos gastronómicos habituais numa próxima oportunidade. Isso permitirá que você mantenha seu metabolismo estável e evite desejos indesejados.

Atividade física pós-refeição

Depois de saborear uma deliciosa refeição em um restaurante, a atividade física pode ser uma ótima maneira de melhorar a digestão e, ao mesmo tempo, queimar algumas calorias extras. Uma caminhada ou uma curta sessão de exercícios leves podem fazer milagres. Tenha em mente que o objetivo não é “punir” o seu corpo depois de comer, mas sim cuidar dele.

STAY UP TO DATE

Submit your email to get updates on products and special promotions.